15 de Setembro será decisivo: ENTENDA

O clima será um fator determinante para os agricultores brasileiros a partir do próximo dia 15 do mês de Setembro, aponta o Rabobank na edição de Agosto do seu relatório “Brazilian G&O Monthly Update” (Atualização Mensal Brasileira de Grãos e Oleaginosas). De acordo com a instituição bancária especializada em agronegócio, essa data é decisiva porque é quando terminam os vazios sanitários em diversos estados brasileiros importantes para a produção agrícola e começa o período de plantio da safra de verão.

Ainda de acordo com o relatório, assinado pela analista Marcela Fernandez Marini, os preços da soja brasileira na propriedade em Agosto estão mostrando valores mais altos em uma base anual e mensal. Segundo o levantamento do RaboResearch Food & Agribusiness, o aumento foi de 3,4% no mês passado e acumula alta de 46% no ano.

Já os preços do milho na propriedade brasileira subiram 7% na base de comparação mensal em julho e acumula impressionantes 97% no ano de 2021. “As perspectivas de safra reduzidas, impulsionadas pelos impactos do clima, estão sustentando os preços locais”, aponta a analista Marcela Fernandez Marini.

As exportações brasileiras de milho, destaca ela, alcançaram 2,0 milhões de toneladas em julho de 2021, o que representa uma baixa de 2,0 milhões de toneladas na comparação com julho de 2020. “Atrasos na colheita e a baixa disponibilidade de milho impactaram o ritmo das exportações de milho”, explica a especialista no relatório RaboResearch Food & Agribusiness.

“As exportações brasileiras de soja diminuíram drasticamente em julho de 2021. As exportações alcançaram 8,7 milhões de toneladas”, diz a analista. Esse montante de vendas externas significou 1,3 milhão de toneladas menos na comparação com julho de 2020. “Mesmo com a baixa competitividade do milho nos portos, as exportações de soja caíram 22%” na comparação mensal, conclui.

Fonte: Agrolink

Data: 18/08/2021