Agro fecha outubro com exportações de US$ 8,8 bilhões

Resultado é 10% superior ao registrado no mesmo período de 2020, com destaque para a soja em grãos.

As exportações do agro alcançaram US$ 8,8 bilhões em outubro deste ano, crescimento de 10% em relação ao mesmo mês de 2020, de acordo com análise da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com base nos dados do Ministério da Economia. No acumulado de janeiro a outubro, de 2021, as vendas externas totalizam US$ 102,4 bilhões, alta de 19,5% na comparação com os 10 primeiros meses do ano passado e valor recorde na série histórica, superando os US$ 101,2 bilhões registrados em todo o ano em 2018.

Conforme divulgado pela CNA, a soja em grãos liderou a lista de produtos exportados em outubro, com participação de 19,5%, a receita de US$ 1,7 bilhão, 94,3% a mais do que em outubro de 2020. O açúcar em bruto foi o segundo item mais embarcado (US$ 720,4 milhões), embora as vendas para o exterior tenham caído 27,3% frente ao mesmo mês do ano passado.

O aumento mais expressivo nas vendas externas foi para o óleo de soja em bruto, de 862,1%, que passou de US$ 18,5 milhões em outubro de 2020 para US$ 178,3 milhões no mês passado. Na sequência, aparecem soja em grãos (94,3%), carne de frango in natura (61,9%) e papel (37%). Em outubro de 2021, 66% das vendas do agronegócio tiveram 10 países como principais destinos. O primeiro foi a China, com participação de 25,5% do total, seguida por União Europeia (14,2%), Estados Unidos (9,9%), Japão (3,3%) e Vietnã (2,9%). Completam a lista Chile (2,4%), Irã (2,1%), Tailândia (2,0%), Coreia do Sul (1,9%) e Índia (1,9%).

Fonte: Agrolink

Data: 22/11/2021