Brasil negocia dois cargos no mercado global da soja

Os preços da soja continuam subindo no mercado internacional, enquanto o Brasil vendeu dois cargos neste final de semana, de acordo com informações da TF Agroeconômica. “No Brasil, a colheita está 91% concluída, um aumento de 6 pontos percentuais na semana e apenas 1 ponto abaixo do ano passado com a maioria das áreas ainda não colhidas no estado do Rio Grande do Sul”, comenta.

“Na origem, os prêmios no mercado brasileiro de papel de Paranaguá caíram pela terceira sessão consecutiva com o avanço da colheita no Rio Grande do Sul, aumentando a disponibilidade de grãos no mercado spot e pressionando as licitações para baixo. A contínua elevação dos contratos futuros de Chicago e a valorização do real também contribuíram para a queda dos prêmios. O prêmio de maio em Paranaguá foi avaliado em 12 c/bu sobre o futuro de maio, 3 c/bu mais baixo no dia, equivalente a $ 531,75/t, que é $ 2,00/t mais alto no dia, já que os preços CBOT mais altos mais do que compensaram os prêmios em queda pela terceira sessão consecutiva”, completa.

Na Argentina, os prêmios permaneceram estáveis com o valor de maio definido em 6 c/bu sobre o futuro de maio, equivalente a $ 529,25/t, enquanto nos EUA CIF os prêmios de barcaça aumentaram em 1-2 c/bu com contratos de maio avaliados em 69 c/bu mais Os futuros de maio equivaliam a $ 552,75/t. “Uma remessa de janeiro / fevereiro de 2022 do Brasil foi negociada a 160 c/bu sobre o março futuro na base CFR China. E uma remessa de fevereiro de 2022 mudou de mãos a 149 c/bu em relação ao março futuro, mas a negociação não pode ser confirmada. Em 2021, o interesse de compra foi bastante baixo”, conclui.

Fonte: Agrolink

Data: 20/04/2021