Capacidade produtiva de etanol de milho segue crescente

Investimento no aumento da capacidade produtiva das usinas de etanol a base de milho no estado impulsionam a demanda pelo cereal. Segundo a Única, a produção de etanol de milho no centro-sul do país para a safra 20/21 ficou estimada em 2,56 mi de m³, sendo o Mato Grosso responsável por 85,25% do total (2,19 mi de m³). Para o ciclo 21/22, a Única divulgou a 6º alta consecutiva na produção do etanol de milho na mesma região, no comparativo quinzenal. Além disso, a produção de set.21 ficou 41,74% acima do mesmo período de 2020.

De acordo com o boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária, cabe ressaltar que a capacidade produtiva de etanol de milho no país segue numa crescente, principalmente no Centro-Oeste, que têm o Mato Grosso como o pioneiro e principal produtor brasileiro. Com isso, apesar da menor produção de milho na safra 20/21, houve um acréscimo na destinação do cereal para a produção do etanol ante o ciclo 19/20 em MT. Assim, com os investimentos em ampliação das indústrias e em novas plantas, o Imea estima que 7,73 mi de t serão destinadas ao etanol na safra 21/22.

Fonte: Agrolink

Data: 26/10/2021