China compra mais 8 cargos de soja brasileira

A China teria reservado cerca de 6 a 8 carregamentos de soja brasileira na terça-feira durante a noite, tornando-se uma das maiores compras desde o início de fevereiro deste ano, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O embarque de junho foi negociado a 155-156 c/bu sobre os futuros de julho na base CFR China, e um embarque em julho foi dito a 165 c/bu sobre o futuro de julho”, comenta.

“Uma remessa de abril, três remessas de maio e uma remessa de agosto também foram negociadas, mas mais detalhes não puderam ser verificados por fontes comerciais. Vários traders esperavam que os negócios fossem fechados entre as casas de comércio, já que as margens de esmagamento na China permaneceram amplamente negativas”, completa.

Na quarta-feira, o embarque de julho foi oferecido a 160 c/bu sobre os futuros de julho por uma casa de comércio contra ofertas vistas a 167 c/bu sobre os futuros de julho. “Embora uma remessa de abril tenha sido oferecida a 145 c/bu sobre o futuro de maio, não houve interesse de compra firme. Na origem, as atividades no mercado brasileiro de papel de Paranaguá se concentraram nos embarques no segundo trimestre de 2021”, completa.

“A remessa de abril e maio foi negociada na paridade a -20 c/bu para os futuros de maio e a remessa de junho mudou de mãos a 20 c/bu sobre o futuro de julho. Estes equivaleram a $ 517,75/t e $ 528,5/t. Nos EUA, os preços das barcaças CIF variam com o embarque em abril inalterado em 68 c/bu sobre o futuro de maio e o embarque em maio caiu 1 c/bu para 71 c/bu sobre o futuro de maio, equivalente a $ 550/t e $ 551,25/t, respectivamente”, conclui.

Fonte: Agrolink

Data: 25/03/2021