Clima acende sinal amarelo para safrinha

De acordo com boletim divulgado nesta segunda-feira (19), pela AgRural, a safrinha de milho está em alerta com o clima. Depois no atraso da semeadura, os dias secos têm impactado a cultura.

O Centro-Sul do Brasil teve mais uma semana com poucas chuvas e temperaturas elevadas, e isso aumentou a preocupação com a safrinha de milho, especialmente em Mato Grosso do Sul, no Paraná e em São Paulo, onde o tempo está mais seco desde o fim de março.

Em Goiás e Minas Gerais, as pancadas de chuva registradas na primeira semana de abril não se repetiram na semana passada, acendendo o sinal amarelo nos dois estados. Mato Grosso é o estado onde tem mais chovido, mas as precipitações têm chegado de forma irregular e há pontos onde a falta de umidade também preocupa.

No fim de março, a consultoria reduziu sua estimativa de produção de milho na safrinha 2021 para 80,1 milhões de toneladas devido a ajustes para baixo nas linhas de tendência de produtividade. Os números estão sendo revisados e uma nova projeção será fechada ainda na segunda quinzena de abril.

Fonte: Agrolink

Data: 19/04/2021