Demanda por soja brasileira cresce

O dólar segue se valorizando frente ao Real, e esse cenário vem sustentando as altas nos preços da soja em grão no mercado interno, à medida que deixa o produto brasileiro mais barato aos importadores. Além da demanda firme, a baixa disponibilidade da oleaginosa nos mercados doméstico e internacional também influencia os avanços nos preços.

De acordo com o boletim informativo do Cepea, alguns agentes apostam em novas valorizações e, com isso, mantêm o produto em estoque, visando a venda no último trimestre do ano. Na sexta-feira, 20, a moeda norte-americana atingiu R$ 5,378, alta de 2,57% em relação à sexta anterior. Para a soja, entre 13 e 20 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá subiu 1,6%, indo para R$ 174,94/sc de 60 kg na sexta. O Indicador da soja CEPEA/ESALQ – Paraná avançou 1,4% no mesmo comparativo, fechando a R$ 172,24/sc de 60 kg.

Fonte: Agrolink

Data: 23/08/2021