Dólar e demanda externa elevam preços da soja

Os preços domésticos da soja subiram em setembro. Segundo pesquisadores do Cepea, os valores foram impulsionados pelos menores estoques neste período de entressafra, pela apreciação do dólar frente ao Real e pelo maior interesse internacional pelo produto brasileiro. Isso porque os Estados Unidos vêm enfrentando dificuldades logísticas de exportação, ocasionadas por temporais recentes, o que tem levado compradores ao Brasil.

De acordo com dados do Cepea, em setembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá subiu 5,2%, fechando a R$ 175,59/sc de 60 kg no dia 30. O Indicador da soja CEPEA/ESALQ – Paraná avançou 4,3% no acumulado do mês, fechando a R$ 171,52/sc de 60 kg no encerramento de setembro.

Fonte: Agrolink

Data: 04/10/2021