Exportação de soja avança 53%

Dados divulgados pela AgResource Brasil indicam que o volume de soja exportado na semana cresceu 53%, quando comparado com a semana interior, totalizando 859,1 mil toneladas. Os dados foram compilados a partir de um levantamento da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

“Esse resultado pode ser explicado pelo aumento do interesse chinês pela soja brasileira, que apresenta preços ainda competitivos em relação à soja norte-americana, mesmo com baixo volume da safra velha ainda disponível para novas vendas. Com isso, as exportações totalizam 81,66 milhões de toneladas em 2021”, diz a consultoria.

Para o milho, o volume embarcado pelo Brasil teve ligeiro avanço semanal de 13%, com 447,2 mil toneladas embarcadas. “No acumulado do ano, o Brasil exportou apenas 15,05 milhões de toneladas, dado esse correspondente a 68% das exportações projetadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de 22 milhões de toneladas para a safra 20/21. O volume importado na primeira semana de novembro foi de 122,2 mil toneladas, avanço de 84% em relação à semana anterior. No acumulado do ano, as importações do cereal já somam 2,26 milhões de toneladas”, completa.

“As exportações brasileiras de carne bovina registraram recuo de 19% na primeira semana de novembro comparativamente à semana anterior. Segundo a entidade, os embarques foram de 15,8 mil toneladas, segundo menor valor desde pelo menos o fim de julho. Com isso, o volume exportado em 2021 soma 1,37 milhão de toneladas.

O recuo acontece devido à suspensão das exportações do produto para a China, em 4 de setembro, depois que dois casos atípicos de encefalopatia espongiforme bovina (doença da vaca louca) foram confirmados no Brasil”, conclui.

Fonte: Agrolink

Data: 08/11/2021