Exportações de soja para a China chegam a 14 mi tons

As exportações de soja para a China somam 14,86 milhões de toneladas nesta temporada, de acordo com o que informa a Consultoria AgResource Brasil. Nesse contexto, o total de compromissos, no entanto, passa de 22,66 milhões de toneladas da oleaginosa para o país asiático.

“Em março, foram enviadas para a China 10,89 milhões de toneladas, resultado superior às 9,8 milhões de toneladas negociadas no mesmo período do ano passado. Entretanto, na temporada 19/20, as exportações para a China somaram 14,38 milhões de toneladas até esta época do ano. Já os compromissos de exportação indicavam 24,78 milhões de toneladas”, completa a consultoria.

Diante desse cenário, a AgResource salienta que é possível afirmar que os Estados Unidos “roubaram” parte do mercado de soja do Brasil. “Boa parte da queda nos compromissos de exportação para a China deve-se a três fatores. O primeiro foi o atraso recorde na colheita brasileira deste ano. O segundo foi o encarecimento no CFR China, consequência do frete marítimo mais caro. E, por fim, as margens negativas de esmagamento”, indica.

“Acreditamos que o Brasil exportará um volume recorde de soja para a China nesta temporada. Nosso projeção é que 11,5 milhões de toneladas sejam enviadas apenas no mês de abril, volume que, se confirmado, será um novo recorde para o período”, afirma.

Somente no mês de abril e levando em consideração todos os mercados, a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) elevou a sua previsão de exportação de soja para intervalo entre 14 milhões e 17,149 milhões de toneladas, em levantamento semanal.

Fonte: Agrolink

Data: 14/04/2021