IGC projeta recordes de produção de grãos em 5 anos

A produção total de grãos deve atingir recordes sucessivos nos próximos cinco anos, mantendo o ritmo com a demanda, mas deixando pouco espaço para recomposição de estoques, disse o Conselho Internacional de Grãos (IGC) durante sua sessão de conferência virtual em 22 de janeiro.

A produção mundial de soja está projetada para atingir altas sucessivas até 2025-26, principalmente com aumentos nos Estados Unidos e no Brasil. O consumo também está atingindo altas sucessivas, mas uma recuperação modesta nos estoques mundiais é provável, vinculada às expectativas de alguma recomposição de estoques nos principais exportadores. O comércio deve se expandir, em grande parte vinculado a entregas maiores para a Ásia.

A produção global de arroz deve apresentar tendência de alta, disse o IGC. Embora o crescimento populacional continue a sustentar necessidades maiores de alimentos, a mudança nas preferências dos consumidores no Extremo Oriente da Ásia pode conter o crescimento na absorção. Os estoques globais provavelmente continuarão crescendo, liderados por ganhos na Índia, enquanto o comércio deve se expandir com remessas maiores para a África Subsaariana.

Na sessão do conselho, os membros concordaram em assinar acordo entre o IGC e a Comissão Econômica da Eurásia e o Centro de Comércio Internacional. O Conselho recebeu declarações da FAO, da OMC e do IGTC sobre as últimas restrições à exportação e seu impacto nos mercados globais e efeito na cesta de alimentos. O conselho deu as boas-vindas à participação de Bielo-Rússia, Brasil, China, República do Quirguistão, Território Alfandegário Separado de Taipei (Chinês), OCDE, Comissão Econômica da Eurásia, Centro de Comércio Internacional e PMA.

Fonte: Agrolink

Data: 25/01/2021