Mais da metade da soja em Balsas já foi negociada na safra 2020/2021

Aproximadamente 70% da produção de soja na região de Balsas, no Maranhão, já foi negociada no mercado futuro. O valor médio da saca de 60 quilos ficou entre R$ 90 a R$ 100. Os trabalhos de colheita do grão devem iniciar no começo de fevereiro. Balsas é responsável por mais da metade da produção de grãos do Maranhão. Ao todo, o estado aumentou em 2,5% a área cultiada de soja chegando a um milhão de hectares para safra 2020/2021. A produção da oleaginosa deve chegar em 3,16 milhões de toneladas.

"Cerca de 70% da safra de Balsas já está negociada. Quem ainda está com soja para vender está aguardando a colheita para cumprir os contratos. Já o excedente da safra será vendido mais tarde", afirmou o presidente do Sindicato Rural de Balsas (Sindibalsas), Daniel Marcos. Nesta semana, a cotação da soja aumentou em Balsas, com a saca sendo negociada a R$ 150.

Em entrevista ao Agrolink, Daniel Marcos garantiu que as lavouras iniciaram bem os trabalhos de plantio, porém em função dos veranicos registrados em dezembro, a previsão é de que haja uma queda na produtividade da soja, principalmente, para as variedades de ciclo precoce. "A lavoura está um pouquinho abaixo, mas na média geral está razoavelmente boa", ressaltou.

Fonte: Agrolink

Data: 20/01/2021