Mesmo atrasada, venda de soja ao exterior é recorde

Apesar do atraso no plantio e colheita, as exportações de soja na atual temporada somam um volume recorde, aponta a Consultoria AgResource Brasil. “Para abril, estimamos que os embarques possam superar 17,14 milhões de toneladas, com base no lineup dos portos. Se confirmado, seria um novo recorde histórico”, projetam os analistas.

“Já o volume de soja comprometido na temporada 20/21 atinge também atinge um novo patamar e caminha para um número memorável. Esse desempenho ocorre mesmo com os compromissos para a China estarem ligeiramente inferiores. Entre o volume de soja efetivamente embarcado e aquele programado, o montante é de 40 milhões de toneladas. Esse desempenho é 2,6 milhões de toneladas acima do registrado no mesmo período da temporada passada (19/20), quando o total de compromissos e soja de fato embarcada foi de 37,4 milhões de toneladas”, acrescentam.

De acordo com os especialistas, os atuais compromissos de embarques do Brasil equivalem a 45,7% do total de exportação estimado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para o país: “Desde o início da temporada 20/21 já foram exportadas efetivamente 24.752.848 toneladas de soja. O restante compreende o volume que será embarcado nos navios atracados e aguardam carregamento e aqueles que ainda irão ancorar até o fim de abril e ao longo do mês de maio”.

“Pelo atual ritmo de comprometimento nos portos, tudo indica que teremos um novo recorde de exportação em abril. Até o último dia 09, já foram exportadas 4.049.854 toneladas de soja. O volume representa 652.746 toneladas a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado, ou seja, um crescimento de 19,2%. Pouco mais de 17,14 milhões de toneladas de soja estão no lineup para serem embarcadas em abril. Acreditamos que o potencial de exportação de soja em abril seja entre 15,5 milhões e 16 milhões de toneladas, considerando o atual ritmo de atraso nos embarques e ao possível crescimento nas rolagens para o próximo mês. Ainda assim, o volume seria um novo recorde para abril”, conclui a AgResource Brasil.

Fonte: Agrolink

Data: 14/04/2021