MT: colheita de soja alcança 67%

A colheita de soja segue no estado de Mato Grosso alcançou 67,20% das áreas concluídas na última sexta-feira (05). Apesar do notável atraso de 24,27 p.p. em relação à safra anterior, a colheita ultrapassou a faixa mínima dos últimos cinco anos e encontra-se 13,07 p.p. distante da média. Na safra 2019/20 o percentual era de 91,47% e na média das últimas cinco safras a colheita atingia 80,27% nesta mesma época.

Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), com o grande volume de chuva observado nas regiões do Estado, os produtores estão buscando tirar mais rapidamente os grãos do campo, porém há relatos de maior percentual de grãos avariados ocorrendo, além de altas umidades nas cargas recebidas nas tradings.

Com relação às regiões, o maior avanço semanal observado fica com a sudeste, que apontou 21,37 p.p., o que representa 64,59% de suas áreas colhidas. Já a oeste apresentou o melhor progresso até agora e é a região com o maior percentual colhido até então, totalizando 80,35% do total das áreas. O menor progresso observado dentre as regiões segue com a centro-sul, que aponta 50,42% colhido.

A comercialização avançou no mês de fevereiro, com um avanço mensal de 3,37 p.p. no mês, totalizando 75,12% do total da produção da safra. Apesar do atraso de 0,36 p.p. em comparação à safra 19/20, o valor ainda é expressivo se comparado com a média dos últimos cinco anos. O avanço do dólar corrente na última semana impulsionou o preço disponível da soja, que registrou alta de 3,15% na média semanal, cotado a R$ 157,27/sc.

Fonte: Agrolink

Data: 09/03/2021