Probabilidade de ocorrência de El Niño aumenta

Perspectiva indica 30% e evoluindo para 35% de chances para julho, agosto e setembro de 2022.

O El Niño é um fenômeno atmosférico-oceânico caracterizado por um aquecimento anormal das águas superficiais no oceano Pacífico Tropical, e que pode afetar o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, e afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.

De acordo com o último boletim climático do Instituto Internacional de Pesquisa para o Clima e a Sociedade (IRI), em meados de novembro, as temperaturas da superfície do mar permanecem bem abaixo do normal (-0.8°C) no centro-leste do Pacífico equatorial. A evolução das principais variáveis oceânicas e atmosféricas são consistentes com as condições do La-Niña corroborando com a manutenção do mesmo. A grande maioria dos modelos prevêem que as temperaturas da superfície do mar esfriem ainda mais ou fiquem abaixo do normal durante o verão, e em seguida, retorne aos níveis neutralidade durante o outono. Deste modo o La-Niña continua com alta probabilidade de permanecer durante novembro-janeiro, persistindo até fevereiro-abril, com um retorno para condições neutras com altas probabilidades para o resto do período de previsão.

Entretanto, se comparada com a última previsão, as condições para El-Niño aumentaram para a segunda metade de 2022. No boletim emitido no início de Novembro a previsão apontava para 19% de condição para El-Nino no trimestre de Julho, Junho e Agosto, agora esta perspectiva indica 30% para o mesmo trimestre e evoluindo para 35% de chances para Julho, Agosto, Setembro de 2022.

Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.

Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.

Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.

Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.

Este padrão é esperado após uma sequência de anos de La-Nina (2020 a 2022), como já analisado pelo Agrotempo. Mas vale ressaltar que antes do começo da configuração de um possível El-Nino em 2022, vamos passar pelo menos os meses de outono até meados da primavera com uma condição de neutralidade climática, configurando o evento de El-Niño apenas no verão de 2022/23, caso o comportamento do El-Niño Oscilação Sul siga de acordo com a média histórica.

Fonte: Agrolink

Data: 23/11/2021