Soja: Colheita avança em SC e preços sobem no RS

A colheita da soja precisou “dar uma segurada” no estado do Rio Grande do Sul e, assim, os preços subiram um pouco, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Poucos negócios rodaram hoje, mas a bons valores, foram vistos volumes saindo para Cachoeira à R$174,50 CIF, à R$175,50 RG CIF e também à R$171,50 CIF Passo Fundo para pagamento no dia 30 de março. Mercado futuro para 2021: R$ 175,00 Entrega Imediata; R$ 174,00 abril; R$ 175,00 maio; R$ 177.00 junho; R$ 179,00 julho; R$ 180,00 agosto”, comenta a consultoria.

Em Santa Catarina a colheita está avançando, mas sem negócios. “Finalmente pode-se considerar que a colheita do Estado de Santa Catarina começou a correr, mais da metade de toda a soja foi negociada em contratos antecipados e os preços para futuros estão bem altos, indo à R$172,50 para entrega em maio, São Francisco”, completa.

Já no Paraná a colheita está andando bem, com possíveis negócios na ferrovia. “Existe a suspeita de que ocorreram negócios na ferrovia pois haviam diversas ofertas vindas do MS. Ademais, o foco continua sendo a entrega de contratos antecipados e a colheita segue firme. Na Ferrovia, em Maringá, fevereiro de 2022 R$ 163,00 abril, R$ 163,50 maio, R$ 164,80 junho”, indica.

Minas Gerais tem dia calmo, com preços inalterados. “Em Minas Gerais a colheita avança de vento em popa e os trabalhadores não medem esforços para entregar todos os contratos antecipados da forma mais breve possível, assim como no Mato Grosso os preços não sofreram variações, e isso importa apenas para quem ainda não vendeu, sendo que isso representa uma parte bem pequena do volume total que foi quase todo negociado antecipadamente”, conclui.

Fonte: Agrolink

Data: 18/03/2021