KWS Sementes é a marca de sementes de milho que mais cresceu na safrinha 2021

Prestes a completar uma década de atuação no Brasil, a multinacional alemã, KWS Sementes, é a empresa de sementes de milho que mais cresceu na safrinha 2021.

O dado foi divulgado recentemente pela pesquisa Farmtrak, realizado pela Kynetec, maior empresa especialista em pesquisa de mercado global em saúde animal e agricultura, que revelou que a KWS é a 4º marca em volume de vendas na safrinha, que representa quase 80% do mercado de sementes de milho (cerca de 15 milhões de hectares).

O resultado alcançado é atribuído a diversos fatores. Dentre eles, o trabalho e suporte técnico diferenciado do time de pesquisa e melhoramento da KWS juntamente com a equipe técnica da empresa (Agroservice), que a cada nova safrinha tem seu foco no desenvolvimento de híbridos de milho adaptados às diferentes regiões de cultivo, considerando as condições de cada produtor brasileiro.

Para realizar esse trabalho, a KWS conta com 4 estações de pesquisa em todo o Brasil, que estão localizadas em diferentes zonas ambientais, para desenvolver produtos especificamente testados para as diversas regiões. A companhia inaugurou em 2020 um centro avançado de pesquisa na região Nordeste do país, e direciona anualmente seus esforços para a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, investindo duplos dígitos em pesquisa.

Contribui, dessa forma, para a evolução da produtividade das lavouras com genéticas superiores. Além disso, conta com a mais moderna Unidade de Beneficiamento de Sementes do país, com capacidade para beneficiar mais de 2 milhões de sacas por ano, e com um sistema de beneficiamento inovador, que utiliza o modelo horizontal que diminui o impacto do processo nas sementes, possibilitando assim sementes de maior qualidade.

Em tão pouco tempo da KWS Sementes no Brasil, já somos a 4º marca em volume de vendas na safrinha, que representa quase 80% do mercado de sementes de milho. Também, pelo segundo ano consecutivo, ser a empresa que mais cresce no segmento de semente de milho e ter o segundo híbrido mais plantado, o K9606VIP3, são motivos de muita gratidão, satisfação e orgulho“, afirma Marcelo Salles, diretor da KWS na América do Sul.

Isso só mostra que estamos trilhando o caminho certo durante esta quase uma década em solo brasileiro, sendo uma opção viável às diferentes realidades dos agricultores, provendo a eles produtos adaptados e competitivos, aliados a uma boa assistência técnica no campo. Agradeço imensamente a todos os produtores que têm nos dado a oportunidade de mostrar o nosso trabalho, aos parceiros comerciais, que são pessoas-chave nesse processo de conseguirmos chegar mais longe e alcançarmos mais produtores nas diferentes regiões. Deixo aqui também o meu agradecimento especial a todos o colaboradores da KWS, que têm confiado na estratégia da empresa e têm feito um grande esforço mesmo em tempos de pandemia para executá-la com excelência“, conclui o executivo.

Relembrando que em 2020 a KWS também se destacou em estudo da Kleffmann Group como a marca de sementes de milho que mais cresceu em volume de vendas e em área plantada no mercado total de plantio de milho safrinha no Brasil.

Sobre a KWS Sementes:

De origem alemã e presente em mais de 70 países, a KWS é hoje uma das principais empresas de melhoramento de sementes do mundo.
Desde 1856 a empresa dedica-se à pesquisa e desenvolvimento de sementes, e a sua principal missão é apoiar o agricultor, levando produtos diferenciados e informações técnicas de qualidade, promovendo assim a sustentabilidade e rentabilidade no campo.

Como estratégia de expansão da companhia no Brasil, a KWS inaugurou em 2019 sua nova unidade de beneficiamento de sementes em Patos de Minas/MG. Um investimento de mais de R$ 60 milhões, que dobrou a sua capacidade de produção anual para mais de 2 milhões de sacos. Essa é a primeira planta do país com o modelo horizontal no seu processo de classificação, a qual pre¬serva ainda mais a qualidade fisiológica das sementes.

A empresa direciona anualmente seus esforços para a pesquisa e o desenvolvimento de novos produtos, incluindo duplos dígitos em biotecnologia. Contribui, dessa forma, para a evolução da produtividade das lavouras com genéticas superiores.

A KWS comunica ainda que está iniciando a implementação de uma unidade de pesquisa em Uberlândia/MG, voltada para o mercado de vegetais, o novo negócio da companhia, o qual trará, em breve, mais opções para os produtores deste segmento. Além disso, está prestes a concluir a implementação de seu centro avançado de pesquisa em Petrolina-PE, que é chave em seu plano estratégico de longo prazo, pois, devido à localização e ao clima, irá acelerar o processo de lançamentos de produtos para todo o Brasil, além de outros países.

KWS Sementes – Semeando o futuro desde 1856

Fonte: Assessoria de Imprensa - Hub inteligência em Marketing Digital

Data:15/09/2021