• kws_refugio_milho.png
    Área de Refúgio

Área de Refúgio

Áreas de refúgio consistem em plantio de milho não Bt na proporção de, pelo menos, 10% da área total de plantio de milho na propriedade rural, quando se utiliza híbrido KWS® com as Tecnologias YieldGard VT PRO, VT PRO2, VT PRO3 e Agrisure Viptera 3. A área de refúgio deve estar localizada na distância máxima de 800 metros da lavoura com milho híbrido que possua alguma destas tecnologias.

As áreas de refúgio deverão ser conduzidas como qualquer área de milho não Bt, utilizando pulverizações de inseticidas ou adoção de outros métodos de controle sempre que as populações das pragas atingirem o nível de ação, detectado por meio do monitoramento pelo MIP (Manejo Integrado de Pragas). Não é recomendado o uso de inseticidas formulados à base de Bt nas áreas de refúgio.

Exemplos de configurações de áreas de refúgio:

kws_br_exemploareaderefugio-2.png

Entenda como o refúgio protege a sua lavoura

Quais são os riscos ao deixar de plantar o refúgio?

Refúgio faz das boas práticas agronômicas, que tem como premissa produzir insetos suscetíveis às proteínas que, ao acasalarem com insetos resistentes, geram insetos não resistentes.

A não adoção do refúgio gera a seleção de indivíduos resistentes, perda da eficiência da biotecnologia, aumento do custo de produção e redução da produtividade.