KWS ganha Prêmio de Melhor Empresa de Sementes de Milho do Brasil.

kws_br_premiogranja2020.png

A revista brasileira de agricultura A Granja é a revista mais antiga do país. Fundada há 75 anos, foi a primeira publicação nesse formato, e a primeira a ser direcionada especificamente ao setor agrícola. Com informações técnicas e econômicas em suas páginas, A Granja chega todos os meses, com 55 mil inscritos em todo o país.

A revista também patrocina, nos últimos 34 anos, um prêmio dedicado às empresas que foram exponenciais em sua área. O nome é escolhido pelo público em geral, que pode votar em suas empresas favoritas através de um site específico. Apenas um voto é considerado por IP computador, o que garante a imparcialidade da eleição.

Temos muito orgulho em anunciar, que no ano em que completa 8 anos de Brasil, KWS, empresa alemã presente em mais de 70 países e com tradição de mais de 160 anos em sementes, foi reconhecida pelo público brasileiro como a empresa mais relevante do mercado quando se pensa em sementes de milho.

Ser reco­nhecida pelo público em geral como a melhor empresa de sementes de milho do mercado em 2020, sendo a KWS uma empresa tão jovem aqui no País, e com competidores com muito mais tempo e maiores no Brasil, é motivo de muito orgulho e satisfação”, afirma Marcelo Salles, diretor da KWS na América do Sul.

A KWS agradece a todos os produtores brasileiros pela confiança e parceria, e reafirma seu compromisso de caminhar sempre ao lado do produtor, fornecendo sementes de qualidade e com as melhores tecnologias do mercado, além de assistência técnica direcionada às diversas regiões e condições do mercado, sempre com o objetivo de aumentar os índices produtivos e a rentabilidade final do agricultor.

Sobre a KWS:

De origem alemã e presente em mais de 70 países, a KWS é hoje a quarta principal empresa de melhoramento de sementes do mundo.

Desde 1856 a empresa dedica-se à pesquisa e desenvolvimento de sementes, e a sua principal missão é apoiar o agricultor brasileiro, levando produtos diferenciados e informações técnicas de qualidade, promovendo assim a sustentabilidade e rentabilidade no campo.

Como estratégia de expansão da companhia na América Latina, a KWS inaugurou em agosto de 2019 sua unidade de beneficiamento de sementes em Patos de Minas/MG. Essa é a primeira planta do país com o modelo horizontal no seu processo de classificação, tendo capacidade para 2 milhões de sacos de sementes de milho, soja e sorgo por ano no Brasil.

A empresa direciona anualmente seus esforços para a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, incluindo duplos dígitos em biotecnologia. Contribui, dessa forma, para a evolução da produtividade das lavouras com genéticas superiores, tanto de milho, como de soja e sorgo.

KWS, semeando o futuro desde 1856.